• 13 de janeiro de 2019
  • paginaorganica
  • 0

Qual é o papel da geriatria?

A população mundial está envelhecendo, e o mesmo acontece no Brasil; qual é a importância da geriatria nesse cenário?

Geriatria é a especialidade médica direcionada aos problemas de saúde relacionados ao envelhecimento. O geriatra, portanto, é o médico que ajuda a prevenir esses problemas, além de diagnosticá-los e indicar tratamentos, quando necessário.

Além de lidar com doenças como as demências, a hipertensão arterial, o diabetes e a osteoporose, o geriatra também trata de problemas com múltiplas causas, como tonturas, incontinência urinária e tendência a quedas. Ele também fornece cuidados paliativos aos pacientes portadores de doenças sem possibilidade de cura.

Segundo o Censo de 2018 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a população brasileira está em uma jornada de envelhecimento: atualmente, menos de 10% dos brasileiros têm mais de 65 anos de idade. A previsão é que até 2060 esses dados aumentem para 25,5%, ou seja, a cada quatro brasileiros, um será idoso.
Na década de 1940, a população brasileira era composta por 42% de jovens com menos de 15 anos, e os idosos não passavam de 2,5% do total. Além disso, a expectativa é que até 2040 a população de idosos seja maior do que a de adolescentes até 14 anos — faixa etária que hoje chega a 21,3% e futuramente representará 14,7%.
Adolescentes e adultos, entre 15 anos e 64 anos, devem corresponder a apenas 59,8% da população em 2060, 10% a menos do que os dados atuais.

Geriatria: mais saúde e bem-estar
Geriatria é a especialidade médica direcionada aos problemas de saúde relacionados ao envelhecimento. O geriatra, portanto, é o médico que ajuda a prevenir esses problemas, além de diagnosticá-los e indicar tratamentos, quando necessário. Sabe-se que futuramente essa profissão poderá fazer muita diferença, porque, com o envelhecimento populacional, ter mais de 65 anos não significará, necessariamente, ter alguma doença relacionada à idade.
Um dos principais objetivos dos profissionais da área é garantir a autonomia funcional da população idosa. Oferecer independência, liberdade e espaço para a tomada de decisões é um ponto importante da geriatria; cuidar do bem-estar e da saúde mental é tão importante quanto cuidar do corpo. A geriatria é a área que vai garantir que a população, mesmo sendo mais velha, continue ativa, motivada e saudável.

Qual a idade para ir ao geriatra
A idade recomendada para ir ao geriatra é a partir dos 60 anos, no entanto, muitas pessoas buscam consultar-se com este médico mesmo antes, com 30, 40 ou 50 anos, principalmente para prevenir os problemas da terceira idade.

Doenças que o geriatra trata
As principais doenças que o geriatra pode tratar incluem:

Demências, que causam alterações na memória e na cognição, como Alzheimer, demência por corpos de Lewy ou demência frontotemporal, por exemplo;
Doenças que causam perda do equilíbrio ou dificuldades nos movimentos, como Parkinson, tremor essencial e perda da massa muscular;
Instabilidade da postura e quedas;
Depressão;
Confusão mental, chamada de delirium.
Incontinência urinária;
Dependência para realizar atividades ou imobilidade, quando o idoso está acamado. Saiba como evitar a perda de massa muscular no idoso;
Doenças cardiovasculares, como pressão alta, diabetes e colesterol alto;
Osteoporose;
Complicações pelo uso de medicamentos inapropriados para a idade ou em excesso, situação chamada de Iatrogenia.

DD: Telefone:

Fonte: Marketing Consulta Médica em Casa

Rate this post